18 de Maio de 2011

Um engenheiro da Universidade do Missouri, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo tipo de painel solar flexível que é capaz de captar até 90% da luz do sol disponível, contra os 20% dos painéis atuais. O segredo de sua criação é a possibilidade de capturar a energia em uma faixa de frequência muito maior.

O engenheiro Patrick Pinhero explica que os métodos tradicionais fotovoltaicos apenas abrangem uma pequena faixa do espectro solar (faixa de frequências da radiação eletromagnética proveniente do Sol), o que limita sua eficiência, conta o site TG Daily. O aparelho é formado por um conjunto de antenas organizadas em uma fina folha e capazes de capturar uma fração muito maior da energia solar.

O dispositivo do engenheiro é também capaz de transformar o calor industrial em energia, explica o site Fast Company. Este “calor industrial” é a radiação no infravermelho que representa, grosso modo, o calor. Ou seja, o dispositivo desenvolvido por Pinhero é capaz de transformar o calor proveniente de processos industriais em energia.

Pinhero espera que protótipos estejam prontos dentro dos próximos cinco anos e acredita que seu custo será relativamente baixo, possibilitando a adoção em massa dos novos painéis.

MIT também trabalha para aumentar a eficiência de painéis solares, porém com uma abordagem um tanto diferente. Pesquisadores do instituto utilizam vírus e nanotubos de carbono para aumentar a eficiência na captura de elétrons (goo.gl/iGpk2).

fonte:http://dpavani.geek.com.br/

publicado por adm às 21:53

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links