12 de Novembro de 2010

Grupo já definiu os seus interesses no concurso para 150 megawatts, cujas propostas são entregues segunda-feira.

 

Será um novo passo na estratégia da EDP: depois dos concursos das eólicas e do plano nacional de barragens, o grupo presidido por António Mexia vai entrar na corrida pelas novas centrais fotovoltaicas. "Vamos estar a procurar fazer alguma coisa de [energia] solar já a partir da semana que vem em Portugal", revelou António Mexia ao Negócios. 

Numa entrevista durante o Media Day promovido quarta-feira pelo grupo, o presidente da EDP indicou que já estão pensadas as prioridades para o concurso fotovoltaico, cujo prazo para entrega de propostas encerra na próxima segunda-feira. "Provavelmente estaremos lá. Temos muito clara a dimensão [de projectos] que nos interessa e os sítios que nos interessam", adiantou António Mexia.

fonte:jornaldenegocios

publicado por adm às 22:22

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links