07 de Novembro de 2010

Pesquisadores criaram filmes finos e transparentes capazes de absorver luz e produzir eletricidade em grandes áreas. Os filmes podem ser usados para projetar painéis solares transparentes, e melhorar a utilização deles.

Os novos filmes são polímeros semicondutores cheios de fulerenos, que são moléculas redondas que consistem em 60 átomos de carbono.

Os cientistas criaram um fluxo de gotas de água através de uma camada de solução de polímero de fulereno. Quando a água evapora, os materiais se auto organizam, parecendo micro células hexagonais. O filme de polímero acaba ficando com a forma de um favo de mel.

As películas são transparentes, porque as bordas dos hexágonos contêm cadeias de polímero embaladas juntas firmemente, enquanto o centro dos hexágonos tem cadeias poliméricas finas e ligeiramente comprimidas. As bordas, de tão compactas, são capazes de absorver luz e gerar eletricidade.

Segundo os cientistas, esta é a primeira vez que um material combina semicondutores e fulerenos para absorver a luz e gerar carga de forma eficiente. No futuro, se a tecnologia for potencializada, as janelas de uma casa ou escritório poderão gerar energia solar.

Os pesquisadores esperam usar esses filmes ou películas transparentes para criar tipos completamente novos de displays ópticos, gerando energia de painéis solares para janelas e outras aplicações de grande escala.

Segundo eles, uma casa com janelas feitas com este tipo de material, combinada com um teto solar, vai cortar os custos de eletricidade de forma significativa.

Fonte:[DailyTech]

publicado por adm às 21:49

pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links