19 de Setembro de 2010

Graças ao benefício tributário poderiam ser instalados ao redor de 80 mil metros quadrados de coletores e evitar emissões de 30 mil toneladas de CO2.

 

No dia 24 de agosto entrou em vigência no Chile uma normativa que estimula as construtoras a usarem painéis solares para o aquecimento da água domiciliar, a fim de poder economizar uma quantidade bastante considerável de energia.

De acordo a estimativas oficiais, nas zonas mais áridas do norte do Chile - onde está o deserto do Atacama-, a economia poderia chegar a 75%. Em zonas como o balneário de La Serena ou a capital Santiago, esta cifra poderia subir a 66%, enquanto na zona austral poderia alcançar 30%.

Segundo os especialistas, a nova disposição legal permitiria contar, a partir de 2011, com cerca de 50 mil novas vivendas desenhadas com painéis solares, a instalação de 80 mil metros quadrados de coletores e uma brusca diminuição na taxa de emissão de CO2, estimada em 30 mil toneladas.

O ministro de Energia, Ricardo Raineri, explicou que este benefício consiste na entrega de subsídios estatais de US$ 1.400 aproximadamente para imóveis de até US$ 85 mil, aporte que diminui proporcionalmente na medida em que se incrementa o valor da propriedade.

De este modo, se espera aumentar e promover o uso de energias limpas e renováveis que substituam os combustíveis fósseis para assim reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

Apesar das iniciativas governamentais, a aposta do Chile pelo desenvolvimento sustentável gerou espaços para o empreendimento privado. Este é o caso da família chilena Milnes, que desenvolveu Calder Solar, um painel eficiente e econômico elaborado com resistentes componentes que lhe outorgam uma vida útil de 20 anos.

fonte:thisischile

publicado por adm às 22:58

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links