02 de Setembro de 2010

A Masdar, empresa de Abu Dhabi especializada em energias renováveis e alternativas, juntou-se às europeias Total e Abengoa Solar para investir naquele que será o maior parque solar de concentração do mundo.

O investimento previsto é de 600 milhões de dólares (469 milhões de euros), sendo que a unidade terá capacidade para gerar 100 MW. O projecto, que começa a ser construído por esta altura, será composto por 769 espelhos e será capaz de alimentar energeticamente 62 000 residências, em 2012. Ainda assim, a unidade só conseguirá suprir uma pequena parte das necessidades do país, que se estima que estejam fixadas em 20 GW em 2020.

Com uma população de 1,5 milhões, menos de um quinto do total de cidadãos dos Emiratos Árabes Unidos, Abu Dhabi é descrita como a cidade mais rica do mundo. O objectivo do país é que, daqui a 10 anos, sete por cento da energia gerada seja através de renováveis.

Detida a 60 por cento pela Masdar e 20 por cento pelas duas empresas europeias, a unidade chamar-se-á Shams 1 e, depois de entrar em funcionamento, evitará a emissão de 175 000 toneladas de emissões.

fonte:ambienteonline

publicado por adm às 09:53

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links