04 de Julho de 2010

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sob pressão para estimular o crescimento do mercado de trabalho no país, disse neste sábado que duas companhias de energia solar receberão quase 2 bilhões de dólares em garantias de financiamento dos EUA para criarem até 5 mil empregos "verdes".

 

Em seu discurso semanal no rádio e na Internet, Obama reconheceu que os esforços para tirar a economia da recessão são lentos. Sua avaliação veio um dia após o Departamento de Trabalho reportar que o setor privado contratou 83 mil trabalhadores em junho.

"Vai levar meses, até anos, para voltarmos ao nosso caminho, e isso vai exigir um esforço geral", disse.

 

A medida prevê a criação de 5 mil empregos com aporte de 1,85 bilhão de dólares, retirados dos 787 bilhões de dólares que formam um pacote de estímulo econômico aprovado pelo Congresso norte-americano no início de 2009, apesar da forte objeção dos republicanos.

 

Obama anunciou que o Departamento de Energia vai oferecer 1,45 bilhão de dólares em garantias de empréstimos para a Abengoa Solar, com o objetivo de ajudar a construir Solona, uma das maiores plantas de geração de energia solar do mundo, próxima de Gila Bend, no Arizona. No curto prazo, a construção vai gerar cerca de 1,6 mil postos de trabalho no Arizona.

 

Obama também afirmou que 400 milhões de dólares em garantias de financiamento serão destinados à Abound Solar Manufacturing, sediada no Colorado, voltados à manufatura de painéis solares avançados. O empréstimo vai permitir a criação de 2 mil empregos durante a construção e de 1,5 mil vagas permanentes.

fonte:http://noticias.br.msn.com

publicado por adm às 00:34

pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links