14 de Setembro de 2010

Os activistas da organização ambiental 350.org ficaram hoje desapontados com a recusa de Obama em voltar a colocar na Casa Branca os painéis solares que Jimmy Carter tinha instalado.

 

Bill McKibben, fundador da 350.org, chefiou o grupo de activistas ambientais que hoje se dirigiu a Washington esperando persuadir Barack Obama, presidente dos EUA, a reinstalar um conjunto de painéis solares originalmente colocados pelo ex-presidente Jimmy Carter. No entanto, esta intenção não foi bem sucedida.

“É óbvio que um painel solar nos telhados da Casa Branca não vai solucionar o problema das alterações climáticas. No entanto, seria o melhor que poderíamos ter neste momento”, afirmou McKibben, citado pelo “The Guardian”.

Acontece que a Casa Branca declinou a oferta. “Eles recusaram e disseram que vão continuar a deliberar sobre o que será adequado para a Casa Branca. Eu disse-lhes que seria bom eles deliberarem o mais depressa possível, uma vez que é também esse o ritmo a que o clima global se está a deteriorar”, declarou McKibben.

Recorde-se que Carter instalou 32 painéis solares nos telhados da Casa Branca, em 1979, e disse ao Congresso que era altura de os EUA deixarem de depender de petróleo importado. Esses painéis foram usados para aquecer a água do refeitório dos funcionários do edifício.

No entanto, a mensagem não foi avante e os painéis não sobreviveram a umas obras de reparação do telhado, em 1986, na era Ronald Reagan, relembra o "The Guardian".

fonte:jornaldenegocios

publicado por adm às 21:04

09 de Setembro de 2010

Dos 7,4 GW de nova potência fotovoltaica instalada no ano passado em todo o mundo, 5,8 GW são europeus. Os números constam do Relatório Anual da Situação do Sector Fotovoltaico, elaborado pelo Instituto de Energia do Centro Comum de Investigação (CCI) da Comissão Europeia (CE), que foi apresentado esta semana em Valência.

Um valor superior ao verificado em 2008 (5,1 GW) e que coloca a Europa na liderança dos novos investimentos no aproveitamento da energia solar, com mais de três quartos das novas instalações fotovoltaicas. Globalmente, no final de 2009, dos 22 GW de potência fotovoltaica instalada a nível mundial, 70 por cento (16 GW) são europeus.

Estima-se que um GW de capacidade de produção energia fotovoltaica fornece electricidade suficiente para abastecer 250 mil lares europeus durante um ano. A nível interno, cerca de 21 por cento do total de capacidade de produção de energia instalada na Europa (27,5 GW), foram baseados no sector da energia solar.

A Alemanha lidera a lista mundial no que respeita ao valor de potência acumulada, com 9,8 GW (dos quais 2,3 GW estão já ligados à rede de distribuição), logo seguida da Espanha, com 3,5 GW. Números que o relatório do CCI justifica com a legislação relativa a energias renováveis em vigor nestes países. Em segundo lugar, no que diz respeito ao crescimento do sector em 2009, ficou a Itália, atrás da Alemanha e seguida do Japão, Estados Unidos, República Checa e Bélgica.

O relatório anual da situação do sector fotovoltaico compila e avalia os resultados do inquérito realizado a mais de 300 empresas mundiais, prestando especial atenção ao mercado fotovoltaico, bem como o “estado da arte” no que toca à indústria e investigação na área, sobretudo na União Europeia, Índia, Japão, China, Taiwan e Estados Unidos.

No entanto, o documento ressalva que os dados relativos a 2009 podem ter uma margem de erro superior à habitual devido à difícil conjuntura dos mercados e a uma maior hesitação por parte das empresas em revelarem dados confidenciais.

fonte:ambienteonline

publicado por adm às 22:27

07 de Setembro de 2010

A Martifer Solar, detida pela Martifer SGPS, assinou um acordo com SunFlower Italy, afiliada da empresa israelita SunFlower, para a construção de um parque de 2,1 MW de energia solar fotovoltaica, perto da cidade de Alexandria, no norte da Itália.


O novo parque instalado em estruturas fixas produzirá energia suficiente para abastecer cerca de 600 famílias de quatro membros e evitará a emissão de 1,2 mil toneladas de CO2. O projecto chave-na-mão ocupará uma área total de 40 mil m2.


A construção começa ainda este mês, devendo ser ligado à rede até ao final do ano. Após a construção, a Martifer Solar continuará ligada ao empreendimento, por um período de 20 anos, através de um contrato de Operação & Manutenção.


«Este é o primeiro projecto de um grande pipeline que esperamos construir para a SunFlower, empresa com a qual pretendemos alargar a nossa cooperação para outras geografias, onde as duas empresas já se encontram com negócios no sector solar», adiantou em comunicado Pedro Pereira, director-geral da Martifer Solar.

A empresa portuguesa tem já 20 MW de energia solar fotovoltaica em construção em Itália.

fonte:ambienteonline

publicado por adm às 22:43

06 de Setembro de 2010

Você já deve saber que energia verde custa caro e não é muito eficiente. Mas pelo menos no que diz respeito aos painéis fotovoltaicos, a Sharp está colaborando para uma melhor eficiência desta fonte de energia solar.

 

Os painéis solares mais comum que se encontra no mercado hoje em dia têm uma eficiência que gira em torno de 15% a 20%, e agora a Sharp – em colaboração com aUniversidade de Tokyo –, registrou um novo record de eficiência com seus 42,1%, contra 41,6% do último índice mais alto.

Infelizmente não temos detalhes sobre o preço, mas a Sharp planeja comercializar estes novos painéis solares o quanto antes, e ainda tem planos para o lançamento de painéis solares com eficiência de 45% e 50% nos anos de 2014 e 2025 respectivamente…

Agora só nos resta aguardar por mais detalhes sobre sua disponibilidade e preço.

fonte:techzine

publicado por adm às 22:15

04 de Setembro de 2010

Jordânia decidiu usar carros movidos a energia solar no início do próximo ano, tornando-se assim o país pioneiro entre os árabes a adotar a tecnologia para o mercado de automóveis.

O Ministério do Meio Ambiente da Jordânia assinou um memorando de entendimento com a fabricante japonesa Nissan Motors para introduzir no mercado novos carros que usam a energia solar disponível na Jordânia em 330 dias por ano.

300 veículos movidos a energia solar serão testados no transporte público na capital Amã a partir de 2011 antes de serem usados em todo o país.

fonte:arabesq

publicado por adm às 20:07

A empresa “New Energy Technologies” anunciou ter conseguido um sucesso decisivo no desenvolvimento da sua tecnologia “SolarWindow” através da criação do primeiro protótipo de uma janela de vidro capaz de gerar eletricidade. Todos sabemos que – pela tecnologia atual – todos os painéis solares têm que ser opacos e o quanto isso limita a sua instalação na maioria das residências. Com a “SolarWindow”, contudo, há agora a promessa de abrir todas as janelas do mundo a esta nova tecnologia, aumentando radicalmente a quantidade de espaços onde podem ser instalados painéis solares.

 

A tecnologia da New Energy consiste no uso das células solares orgânicas mais pequenas do mundo, desenvolvidas inicialmente pelo Dr. Xiaomei Jiang da Universidade do Sul da Florida. Curiosamente, além de poder ser embebida no vidro, e ao contrário dos painéis solares convencionais, a tecnologia de Jiang permite obter energia também a partir de luzes artificiais, ou seja, o vidro da janela poderá funcionar também… de noite, a partir da iluminação doméstica, reutilizando assim de uma forma inteligente essa energia. Outra vantagem da “SolarWindow” é que permite teoricamente multiplicar por dez a eficácia dos painéis solares fotovoltaicos normais.

As promessas da New Energy têm agora que ser substanciadas… o seu protótipo tem que ser exposto ao público e ao escrutínio da comunidade científica, de forma a que as espantosas promessas desta nova tecnologia possam ser comprovadas e que… comecemos a trocar as janelas das nossas casas. Isto se o custo do investimento for suportável, o que é sempre duvidoso numa tecnologia que terá tanto de novo como de radical…

fonte:movv.org

publicado por adm às 20:00

03 de Setembro de 2010

O MIT crê ter conseguido criar células solares semelhantes às encontradas nas folhas das plantas, o que abre caminho para painéis mais eficientes.

As plantas são organismos extremamente eficientes a converter luz solar em energia, e os investigadores do MIT têm vindo a tentar alcançar este tipo de eficiência.

Agora, e segundo o Gizmodo, um grupo de cientistas do MIT acredita ter conseguido criar um cloroplasto sintético cujos elementos podem ser separados e reunidos repetidamente, concertando automaticamente as células solares artificiais danificadas pelo sol.

É exatamente este o processo que ocorre no interior das folhas de plantas capazes de efetuar a fotossíntese, para evitar perdas de eficiência a longo prazo e tirar o máximo partido da luz solar.

Neste momento, as células artificiais funcionam com uma eficiência energética de 40%, e os investigadores pensam que com algumas melhorias conseguirão atingir eficiências ainda maiores.

fonte:exameinformatica

publicado por adm às 22:45

02 de Setembro de 2010

A Masdar, empresa de Abu Dhabi especializada em energias renováveis e alternativas, juntou-se às europeias Total e Abengoa Solar para investir naquele que será o maior parque solar de concentração do mundo.

O investimento previsto é de 600 milhões de dólares (469 milhões de euros), sendo que a unidade terá capacidade para gerar 100 MW. O projecto, que começa a ser construído por esta altura, será composto por 769 espelhos e será capaz de alimentar energeticamente 62 000 residências, em 2012. Ainda assim, a unidade só conseguirá suprir uma pequena parte das necessidades do país, que se estima que estejam fixadas em 20 GW em 2020.

Com uma população de 1,5 milhões, menos de um quinto do total de cidadãos dos Emiratos Árabes Unidos, Abu Dhabi é descrita como a cidade mais rica do mundo. O objectivo do país é que, daqui a 10 anos, sete por cento da energia gerada seja através de renováveis.

Detida a 60 por cento pela Masdar e 20 por cento pelas duas empresas europeias, a unidade chamar-se-á Shams 1 e, depois de entrar em funcionamento, evitará a emissão de 175 000 toneladas de emissões.

fonte:ambienteonline

publicado por adm às 09:53

pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links