04 de Junho de 2010

A Câmara Municipal do Funchal vai avançar com uma experiência-piloto em matéria de iluminação pública, com recurso a energia solar.
O anúncio foi feito, ontem, pelo presidente da edilidade funchalense, na abertura da “Expo Energias 2010”, que decorre até ao próximo dia 5 (sábado) no Largo da Restauração.


Falando na aposta da autarquia nas energias renováveis, e depois de visitar os stands expositores, de onde disse ter recolhido ideias, Miguel Albuquerque adiantou que vai fazer no Funchal «uma experiência-piloto com as lâmpadas de iluminação pública tendo por base os painéis solares». O local onde o projecto será posto em prática está a ser analisado, mas o edil afiança que quer avançar com a experiência. O sistema prevê que durante o dia os painéis fotovoltaicos captem energia para depois ser usada durante a noite. Miguel Albuquerque adiantou que a Câmara irá também «avançar já com os leds, que é outro projecto que temos para os parques públicos».


Por outro lado, o autarca afirmou que estão a avançar projectos para dotar todos os serviços públicos da Câmara, as escolas e os edifícios da Frente-Mar com «energias amigas do ambiente», passando não só pela solar, mas também pela utilização de lâmpadas de baixo consumo e pelos electrodomésticos com redução de 40 por cento em energia, «porque isso tem reflexos nas contas no fim do mês para os organismos públicos, mas também para as famílias».


Sublinhando a aposta na eficiência energética que tem vindo e está a ser seguida pela Câmara, Albuquerque apontou o exemplo da mobilidade, referindo o incentivo à utilização de viaturas híbridas, através do pagamento de apenas metade da tarifa de estacionamento. 
Ainda neste campo, lembrou o programa comunitário que possibilitou a implementação das Linhas Verde e Eco e da Ciclovia. Disse igualmente que a autarquia tem um conjunto de candidaturas a nível da energia. Um dos exemplos da aposta da Câmara nas energias verdes (ontem exposto) é uma varredora/aspirador eléctrica, que já limpa o interior e exterior do Mercado dos Lavradores, com uma autonomia de oito horas.

fonte:www.jornaldamadeira.pt

publicado por adm às 22:31

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links