05 de Setembro de 2012

Neosolar, empresa paulista focada em solução energética cria projetos customizados para o agronegócio e regiões longínquas.

Em função de grandes barreiras geográficas e estruturais que dificultam a chegada de energia elétrica a todos os municípios de um país com dimensões continentais como as do Brasil e diante de uma necessidade vital de crescimento socioeconômico, algumas alternativas para produção de eletricidade surgiram para suprir essas necessidades de expansão, principalmente de regiões rurais e de comunidades afastadas dos grandes centros.

Para isso, o PRODEEM (Programa de Desenvolvimento Energético de Estados e Municípios) criado pelo Governo Federal em 1994 para levar energia renovável à regiões brasileiras sem acesso a eletricidade, em seu último relatório divulgado, anunciou que em 2001 foram instalados 4.592 sistemas fotovoltaicos em todo o país. Já em 2012, o Ministério de Minas e Energia estima que, somente na região norte, cerca de 120 mil sistemas fotovoltaicos deverão ser instalados nos domicílios amazonenses, além de mais de três mil mini redes de produção elétrica de fontes renováveis. Com isso, estima-se atender em torno de 330 mil residências.

Além dos benefícios sociais, a instalação de painéis fotovoltaicos nos setores agropecuários e em outras culturas tem apresentado gradativa aceitação. O valor dos equipamentos estão cada vez mais acessíveis e é uma alternativa eficaz aos geradores a diesel, que exigem mais manutenção e logística para compra do combustível. "Hoje oferecemos kits que o cliente adquire com todo o equipamento necessário para gerar energia de acordo com a sua necessidade diária de consumo. Além disso, damos todo o suporte necessário para a instalação." Informa Pedro Pintão, diretor da Neosolar Energia, empresa paulista que presta consultoria e fornece equipamentos para soluções energéticas.

A Neosolar há dois anos especializou-se em soluções em energia solar e, por meio de consultorias customizadas, seja para uso doméstico, rural ou voltado para a agroindústria, consegue adequar seus produtos às mais variadas necessidades. É a única distribuidora autorizada pela Jetion Solar - empresa chinesa com sedes nos EUA e Europa, reconhecida pela qualidade dos painéis fotovoltaicos que produz - para revenda na América do Sul.

Os kits de instalação da Neosolar contam com: Painel Fotovoltaico para captar a radiação solar, o Controlador de Carga que permite o controle de carga da bateria, a Bateria para armazenar a energia produzida e os Inversores que transformam a voltagem recebida pela bateria na voltagem elétrica necessária para a utilização. Este tipo de sistema, conhecido como Off Grid ou isolado, permite ao usuário o armazenamento da energia produzida na bateria para utilizá-la em momentos de nenhuma radiação solar.

“O mercado brasileiro para energia solar tende a crescer também devido suas condições naturais do clima”, completa Pedro. Uma pesquisa realizada pelo Laboratório de Energia Solar da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) apontou o Brasil como um dos países onde há maior incidência de radiação solar - com uma média anual entre 1500 a 2300 kWh por metro quadrado - dando destaque para as regiões norte, nordeste e centro-oeste. Assim, irrigar plantações, modernizar processos produtivos e ter mais conforto em residências sem acesso a energia, além de ser uma alternativa economicamente viável, também tem menor impacto ambiental, já que minimiza as percas energéticas que ocorrem nas linhas de transmissão entre as usinas hidrelétricas e as cidades. Diferentemente da energia solar que é produzida e consumida no mesmo local.

Um pouco sobre a produção de energia através de painéis fotovoltaicos-Ter uma mini estação produtora de energia já é apontado como uma das soluções mais viáveis para abastecimento elétrico em regiões não atendidas por concessionárias. Segundo o Relatório de Trabalho de Geração Distribuída com Sistema Fotovoltaicos de 2009 do Ministério de Minas e Energia, este sistema apresenta grande vantagem pois, evita os custos de transporte e distribuição desta energia já que a mesma é produzida e consumida no mesmo local.

Basicamente, o sistema fotovoltaico Isolado ou Off Gride precisa de: Painel Solar, responsável pela captação da luz solar, é composto por várias células fotovoltaicas feitas de silício, minério conhecido por ser ótimo condutor de eletricidade e amplamente utilizado na indústria de componentes eletrônicos; Controlador de Carga que deve ser ligado entre o painel solar e a bateria e age como um gerenciador de carga e descarga, mantendo a bateria dentro das condições ideais de funcionamento, assegurando longa vida útil a ela; Inversores Transformam a potência elétrica vinda dos painéis solares na potência ideal a ser usada na rede doméstica. Aparelhos como motores, geladeiras, liquidificador, ventilador, etc, possuem corrente de partida muito elevada. Outros aparelhos, como reatores eletrônicos de lâmpadas fluorescentes, televisores, impressoras e outros já trabalham com potência mais baixa, o inversor possibilita a utilização da carga elétrica em todos os aparelhos sem danos ao seu desempenho. E por fim, a Bateria que armazena a energia excedente e devolve à rede para ser utilizada a noite, por exemplo.

Acompanhando este sistema, há também o kit para bombeamento de água. Ideal para regiões onde o uso de poços artesianos ainda é a única fonte para abastecer residências, criações e plantações. Neste caso, o Kit da Neosolar é composto pela bomba, com capacidade diária de 4.600 litros à 8.600 litros, a placa solar e os drivers de instalação. Dispensam o uso de baterias e podem ser instalados em poços de até 40 metros de profundidade.

A Neosolar Energia, empresa brasileira que fornece soluções em energia solar, atua a mais de dois anos no mercado energético com a consultoria, comercialização e instalação de produtos que viabilizem a produção e o consumo de energia solar.[ www.neosolar.com.br].

fonte:http://www.revistafator.com.br/v

publicado por adm às 23:16

pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links