03 de Novembro de 2011

Usina vai abastecer as instalações da empresa na Carolina do Norte, um dos estados americanos mais dependentes de energia fóssil

Apple deve se juntar aos gigantes da informática e internet, como o Googlee o Facebook, que utilizam em larga escala energias renováveis para abastecer seus centros de dados. A transformação verde ocorrerá nas instalações da empresa na cidade de Maiden, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, que serve de base dos sistemas iTunes, MobileMe e do novo serviço de computação em nuvem iCloud.

 

Apelidado de Project Dolphin Solar Farm (Fazenda Solar do Projeto Golfinho), o empreendimento prevê a construção de uma usina de energia solar numa área de cerca de 70 hectares, capaz de gerar entre 25 e 35 megawatts de energia, dependendo da tecnologia utilizada nos paineis.

A fazenda solar, que já recebeu permissão dos governo americano para ser instalada, vai figurar ao lado de outros empreedimentos de energia verde realizados pela Apple, que já possui uma fábrica 100% alimentada pela energia dos ventos em Cork, na Irlanda, e também na Califórnia e no Texas.

Com o novo projeto, a Apple pode conseguir, aos poucos, se distanciar da imagem de vilã difundida por um estudo do Greenpeace que avaliou a dependência das empresas do setor de tecnologia por fontes de energia fóssil.

Segundo ranking da ONG ambientalista, a dependência da Apple de carvão é de 54.5%, sendo o uso de energia “suja” mais intenso nos datacenters da Carolina do Norte, estado americano dependente 61% de combustível fóssil e 31% de energia nuclear.

fonte:http://exame.abril.com.br/

publicado por adm às 22:48

pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links