21 de Abril de 2013

Construída pela empresa de energia Masdar, a usina Sheikh Zayed vai suprir 10% da rede da Mauritânia, país pobre abastecido principalmente por geradores a diesel

 

Pouco mais de um mês após inaugurar a maior usina de energia solar concentrada dos Emirados Árabes, a empresa de energia renovável de Abu Dhabi Masdar acaba de implantar seu mais novo empreendimento: a usina Sheikh Zayed, a maior central solar fotovoltaica da África.


Inaugurada nesta sexta-feira em Nouakchott, capital da Mauritânia, a usina solar fotovoltaica de 15MW custou US$ 31,99 milhões. A central consiste de 29.826 paineis e vai gerar energia suficiente para abastecer 10% da demanda do país, evitando emissões de cerca de 21.225 toneladas de dióxido de carbono.

A rede elétrica da Mauritânia, alimentada principalmente pelos caros e poluentes geradores a diesel, possui atualmente uma capacidade instalada deficitária, resultando em sérias falhas no abastecimento de energia.

Com a demanda energética aumentando 12% a cada ano no país, a adição da energia solar ajudará a diminuir as futuras deficiências elétricas, ajudando a abastecer algo próximo de 10 mil residências.

fonte:http://exame.abril.com.br/


publicado por adm às 22:35

pesquisar
 
arquivos
2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


links